Como selecionar um encoder

Critérios de seleção

O catálogo padrão da Portescap inclui apenas encoders incrementais digitais usando diferentes tecnologias (ótico, magnético com sensor de efeito Hall, magnetorresistivo).
Esses encoders fornecem saídas digitais de sinal quadrado em quadratura (geralmente chamadas de canais A e B) para que a posição, velocidade e direção de rotação do rotor possam ser determinadas.
Alguns também oferecem sinais de saída adicionais, como uma saída de índice que gera um pulso por volta para definir uma posição de referência, ou sinais complementares A, E e I, que permitem eliminar as interferências quando um chicote elétrico longo é usado.
Os principais parâmetros a serem considerados ao selecionar um encoder são:

Resolução

Definida pelo número de linhas (pulsos) por volta (1 linha (pulso) = 4 contagens)

Precisão

O principal fator é o erro mecânico, que é o ângulo máximo entre a posição medida pelo encoder e a posição real/efetiva do rotor, expresso em graus mecânicos.

Mudança de fase/ciclo de trabalho

Cria, por exemplo, ruído na medição da velocidade.

Sinais de saída:

dependendo do tipo de encoder, pode haver uma saída de índice ou saídas complementares (controlador de linha).

Velocidade máxima de operação

Essa limitação é definida pela frequência de resposta máxima dos circuitos eletrônicos do próprio encoder.
Pode ser um fator de preocupação em aplicações de alta velocidade/encoders de alta resolução.
A velocidade do motor pode ser derivada da frequência de contagem usando a fórmula: N = f x 60 / CPR
em que:

N = velocidade do motor (voltas por minuto)

f = frequência de contagens do encoder (Hz)

CPR = número de contagens por volta (4 vezes o número de linhas/pulsos por volta)

Ambiente

O tamanho do pacote do encoder, condições de temperatura, umidade e pressão que podem gerar condensação, ambientes empoeirados, ambientes com perturbações magnéticas, etc, são fatores que podem guiá-lo para selecionar o tipo mais adequado de encoder.

 Encoder
 D 12
D D = sensor de efeito Hall analógico

F = sensor de efeito Hall digital
12 Resolução = 12 ou 16 linhas (pulsos)

Nota: Somente D12, D16 e F16 estão disponíveis
Encoder
E 9 100 1.5 01
 E9 Encoder ótico
 0100 Resolução em linhas (pulsos) por volta
 1.5 Diâmetro do eixo/furo em mm: por exemplo, 1,5 mm
 01  Descrição da saída: 01 ou 02
 Encoder
 HEDS 55 4 0 A 14
 HDEDS 5  Encoder ótico
 4 Descrição das saídas:

0: 2 canais

4: 3 canais
 0  Sem furo transversal
 A Resolução em linhas (pulsos) por volta:

K: 96 linhas

C: 100 linhas

D: 192 linhas (somente para HEDS 5500)

E: 200 linhas

F: 256 linhas

G: 360 linhas

H: 400 linhas

A: 500 linhas

I: 512 linhas
 14 Diâmetro do furo:

01: 2 mm

02: 3 mm

03: 1/8 pol.

04: 5/32 pol.

05: 3/16 pol.

06: 1/4 pol.

11: 4 mm

14: 5 mm

12: 6 mm

13: 8 mm
 Encoder
 MR2 512
 MR2  Encoder magnetorresistivo
 512  Resolução em linhas (pulsos) por volta