Controle de Motor de Passo

Motores de Passo Portescap

motor de passo  converte um trem de pulsos de entrada em um incremento definido com precisão na posição do eixo mecânico, em que cada pulso move o eixo em um ângulo fixo. A posição do motor pode então ser controlada para movimentar e parar em um desses passos sem qualquer sensor de feedback (ou seja, um controle de motor de passo de circuito aberto), desde que o motor seja cuidadosamente dimensionado para a aplicação quanto ao torque e velocidade. O controle do motor de passo fornece esse trem de pulsos de entrada para comandar o movimento do motor para a posição ou velocidade desejada.

Os Drives de tensão constante para motor de passo são usados ​​para aplicar uma tensão constante positiva ou negativa a cada enrolamento, para acionar o movimento. No entanto, é a corrente do enrolamento, e não a tensão, que aplica o torque ao eixo do motor de passo. A corrente (I) de cada enrolamento está relacionada à tensão aplicada (V) pela indutância (L) e a resistência do enrolamento (R). Por isso, são também conhecidos como Drives L/R. Para obter alto torque em altas velocidades, é necessária uma grande tensão de acionamento com baixa resistência e baixa indutância. Com um Drive L/R, é possível controlar um motor resistivo de baixa tensão com um inversor de tensão mais alta simplesmente adicionando um resistor externo em série com cada enrolamento. No entanto, como desperdiça energia nos resistores e gera calor, esta é considerada uma opção de baixo desempenho.

Os drives de corrente constante geram uma corrente constante em cada enrolamento, em vez de aplicar uma tensão constante. A cada novo passo, uma alta tensão é inicialmente aplicada ao enrolamento, fazendo com que a corrente aumente de forma rápida, pois dI/dt = V/L onde V tem um valor alto. A corrente de cada enrolamento é monitorada pelo drive do motor de passo, geralmente medindo a tensão em um pequeno resistor de detecção em série em cada enrolamento. Quando a corrente excede um limite de corrente especificado, a tensão é desligada. Quando a corrente do enrolamento cai abaixo do limite especificado, a tensão é religada. Desta forma, a corrente é mantida relativamente constante para uma determinada posição de passo. Isso requer componentes eletrônicos adicionais para a detecção das correntes do enrolamento e o controle da comutação, mas permite que os motores de passo sejam acionados com torque mais alto e em velocidades mais altas do que os Drives L/R.

Os Drives de Micropasso da Portescap oferecem benefícios significativos para maior resolução do sistema, baixo ruído e movimentos suaves. O estágio de potência é projetado para se adequar a motores com baixa constante de tempo elétrico e obter alto desempenho dinâmico. Entre as vantagens de nosso Drive de micropasso EDM-453 estão:

• Mudança de resolução de 1/2 a até 1/64 micropassos
• Alta resolução angular em estático e dinâmico
• Operação suave, baixo ruído
• Modo Boost para maior torque/saída de aceleração
• Modo stand-by para gerenciamento de calor otimizado
• Modo de controle do chopper selecionável entre regenerativo e giro livre
• Frequência de clock de até 150 kHz
• Todas as entradas opto-isoladas
• Proteção contra curto-circuito e superaquecimento

Drive EDM-453 para Controle de Motor de Passo