Parafusadeiras Cirúrgicas

Desafio

A fixação de implantes e malhas ao osso durante cirurgias reconstrutivas ou cirurgias plásticas geralmente requerem a utilização de parafusos. O uso de parafusadeiras manuais, além de entediante, pode apresentar problemas ergonômicos para os cirurgiões e representam uma porção significativa do tempo total ou necessário para um procedimento cirúrgico. Além disso, cirurgiões devem confiar em sua própria sensação de aplicação de força para determinar quando o parafuso está completamente assentado. Levar o parafuso além do necessário resulta em redução óssea o que causa redução da força de retenção do mesmo e pode causar traumas adicionais ao paciente. Motorizar a parafusadeira cirúrgica resulta em redução do tempo de procedimentos cirúrgicos e maior conforto aos cirurgiões. Ferramentas com função de limitação de torque são capazes de controlar precisamente o assentamento do parafuso e melhorar os resultados ao paciente, além de reduzir drasticamente o tempo de operação. Todos esses benefícios resultam, em última análise, em um menor custo de manutenção do procedimento. A motorização já se tornou proeminente em procedimentos craniomaxilofaciais (CMF), e é esperada a expansão desta prática em operações de médio e grande porte em um futuro próximo.

Portescap oferece motores ranhurados sem escovas projetados para suportar repetidos ciclos de autoclave em parafusadeiras cirúrgicas. O motor esterilizável de 0.6pol com caixa de redução é adequadamente dimensionado para os pontos de operação típicos das parafusadeiras cirúrgicas e sua alta eficiência permite um maior tempo de uso com baterias menores. Customizações estão disponíveis para um projeto mais adequado aos seus requerimentos de projeto, incluindo eletrônica embarcada. A Portescap ainda oferece motores de 16mm, 17mm, 22mm e 24mm com escovas extremamente eficientes e com ótimo custo benefício para parafusadeiras cirúrgicas de uso único ou limitado.

Benefícios

  • Alta eficiência para uso prolongado além de baterias de tamanho reduzido
  • Altas velocidades para assentamento de parafusos e redução do tempo cirúrgico, também possibilitam realização de furo piloto com a mesma ferramenta
  • Alto torque em diâmetros menores permitem designs ergonômicos que podem atuar em parafusos maiores.
  • Rotores de baixa inércia com grande capacidade de aceleração e desaceleração que aprimoram o controle de torque

Opções de personalização

  • Modificações mecânicas para se adequar a qualquer ferramenta
  • Modificações de eixo, incluindo cardam e canulação
  • Conector de pinos em substituição a fios ou cabos
  • Relações de engrenagem e enrolamentos customizados para atender qualquer ponto de operação
  • Controles resistentes à autoclave inclusos quando requeridos
  • Sensores Hall ou Encoders para controle preciso de velocidade.