Velocidade

Brush DC Rotor

Definição

A velocidade de um motor é a magnitude da velocidade rotacional do eixo do motor. Em uma aplicação de movimento, a velocidade do motor determina a velocidade de rotação do eixo – ou seja, o número de voltas completas por unidade de tempo. Os requisitos de velocidade de uma aplicação variam, dependendo do que está sendo movido e da coordenação com os outros componentes da máquina. É necessário atingir um equilíbrio entre velocidade e torque, porque os motores tipicamente geram menos torque quando são operados em alta velocidade.

Visão geral da solução

Nós abordamos os requisitos de velocidade durante o processo de desenvolvimento por meio da otimização das configurações de bobina (geralmente conhecida como enrolamento) e ímã. Em alguns projetos, a rotação da bobina é baseada na construção do motor. A criação de um projeto de motor que elimine a combinação de ferro com a bobina resulta em velocidades mais altas. A inércia do motor é reduzida drasticamente, o que também aumenta a aceleração (responsividade).

Em alguns projetos, o ímã gera com o eixo. Como o ímã é o fator que contribui para a inércia do motor, é necessário desenvolver um projeto diferente de um ímã cilíndrico convencional. A redução da inércia aumenta a velocidade e a aceleração.

Tecnologia da Portescap

A Portescap projetou motores CC com e sem escovas com bobinas de rotor de alta densidade autossustentadas. A natureza não ferrosa das bobinas CC de escovas proporciona mais aceleração e mais velocidade, especialmente em comparação com motores CC de escovas projetados com núcleo de ferro. A Portescap oferece uma série exclusiva de motores de passo, a série de ímã de disco, que usa um fino ímã de disco em vez de um ímã cilíndrico. Reduzindo a inércia dos motores, podemos atingir velocidades de até 10.000 RPM com um motor de passo, o que é inédito no mercado.